APRESENTAÇÃO

Em destaque

 

Logonovo_completo_peq

A Clínica Dentária Eduardo VII presta um conjunto de serviços de Medicina Dentária de qualidade, desde 1985, em zona central de Lisboa (perto do Marquês de Pombal), estando vocacionada para a prevenção, tratamento e acompanhamento do paciente ao longo do tempo.

images (6)Para além das habituais especialidades praticadas por vários Médicos Dentistas generalistas (como estomatologia, endodontia, dentisteria, estética, cirurgia oral, próteses fixas e removíveis), destacamos a implantologia, a periodontologia, o bruxismo e a ortodôncia (aparelhos de correcção), com especialistas a trabalhar exclusivamente em cada uma destas áreas.

É nossa missão DEVOLVER-LHE O SORRISO

images (20)

 

Dispomos de três amplos consultórios, com equipamentos de técnica avançada, de uma sala de esterilização, com modernos aparelhos e óptimas condições de assepsia, e de duas salas de espera confortáveis.

 

 

Temos Licença de Funcionamento passada pela Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, estamos acreditados pela Entidade Reguladora de Saúde e possuímos  seguro de responsabilidade civil.

A Clínica Eduardo VII está localizada na Av. António Augusto Aguiar, nº24 – 3º Dto, quase em frente à estação de metro do Parque e, servida por várias carreiras de autocarros, para além de dois parques de estacionamento público a muito curta distância.

Internet WI-FI disponível em toda a Clínica.

Telefones:
21 353 78 43
21 353 44 48
91 860 73 26

images (15)

Correio electrónico

 

ORTODONTIA

A Ortodontia é a especialidade da Medicina Dentária que diagnostica, previne e trata as más posições e mau relacionamento dos dentes ( maloclusão) e das estruturas da face  (ossos e tecidos moles ).

Dentes mal posicionados dificultam a higiene, favorecem o aparecimento de cáries e de inflamações gengivais, propiciam à acumulação de tártaro, provocam problemas articulares(ex:estalidos)…

As técnicas utilizadas hoje em dia em ortodontia permitem a resolução de casos que antigamente eram tratados apenas com recurso à cirurgia. Mesmo em pacientes adultos!!!

Também a ideia  de que só se deve iniciar um tratamento de ortodontia quando todos os dentes definitivos erupcionam, está errada/desactualizada . Existem vários casos em que se deve iniciar o tratamento em idades precoces , a partir dos 7 anos, com recurso a aparelhos que podem ser fixos ou removiveis. Trata-se da ORTODONTIA PREVENTIVA . Desta forma, muitos problemas ortodônticos podem ser previnidos ou eliminados.

Essa abordagem ajuda a desenvolver as arcadas dentárias e reduz a necessidade de extracções de dentes permanentes.

A ORTODONTIA INTERCEPTIVA tem como objectivo interceptar o problema o mais cedo possível, de maneira a que o desenvolvimento e crescimento da face decorra normalmente após o tratamento. Deve ser realizado durante o crescimento.

Os APARELHOS FIXOS são usados para tratamentos em pacientes com dentição definitiva completa .

Os aparelhos fixos linguais, que são colados na face interna dos dentes , tornando-se assim invisíveis, também podem ser usados em alguns casos.

O recurso a mini implantes ortodônticos permite corrigir posições dentárias de forma a recuperar espaços para reabilitação com próteses e/ou implantes.

4-e1340819649810

 

PERIODONTOLOGIA

A doença periodontal é a principal causa de perda de dentes. Esta é descrita normalmente por 2 estágios: a gengivite e a periodontite. A gengivite resume-se à inflamação da gengiva, quando esta adquire uma cor avermelhada, de aspecto brilhante, inchado e sangrante ao toque. A gengivite está associada principalmente à presença de placa bacteriana, resultante de uma higiene oral inadequada. A gengivite prolongada pode muitas vezes evoluir para uma periodontite, onde a infecção se alastra para os tecidos que dão suporte ao dente, entre os quais o osso. É nesta altura que se começam a ver os primeiros sinais permanentes da doença periodontal, como a perda de osso generalizada na boca e a retracção da gengiva que o acompanha. Esta perda óssea pode eventualmente chegar ao ponto em que o dente não tem mais suporte, começa a abanar e acaba por cair.

Mas a periodontite não depende somente da higiene oral. Há também uma forte componente hereditária presente que aumenta a predisposição à perda de osso. Além disso, o consumo de tabaco e álcool são também factores de risco para a doença.

A forma mais comum da periodontite, denominada por periodontite crónica, tem uma progressão lenta, sendo que os seus sinais só começam a ser mais visíveis normalmente a partir dos 40-50 anos. No entanto, com um diagnóstico precoce, é possível controlar a progressão desta perda óssea, através de um acompanhamento periódico por parte do periodontologista, assim como com uma higiene oral mais cuidada.

Quer saber mais? Marque a sua consulta de Periodontologia na Clínica Dentária Eduardo VII através de  21 353 44 48  ou  21 353 78 43  ou  91 860 73 26

IMPLANTOLOGIA

Um implante dentário é um parafuso de titânio que substituirá a raíz de um dente natural que por alguma razão foi extraído.

O implante é colocado no osso do maxilar superior ou inferior e, com o tempo, irá integrar-se podendo depois suportar forças, neste caso coroas de cerâmica natural, como se se tratasse de um dente natural. Os implantes dentários são muito versáteis e podem substituir um ou mais dentes em falta.

Implante

Os implantes dentários são considerados pela maioria dos dentistas como a melhor solução alternativa logo a seguir aos dentes naturais.

Não esconda o seu sorriso. Não se sinta inseguro com a dentadura.

A Nossa Missão é DEVOLVER O SORRISO AOS NOSSOS CLIENTES . Contacte-nos para marcação de consulta de implantologia: 21 353 44 48  ou 91 860 73 26

Implantes 2

INSTALAÇÕES

As nossas instalações foram profundamente remodeladas no fim de Dezembro de 2008.

Temos 3 amplos gabinetes, equipados com cadeiras funcionais e dispondo de todo o material necessário a um atendimento de qualidade.

GABINETE 1: 

GABINETE 2:

GABINETE 3: 

 

Temos duas salas de espera, para que possa aguardar a sua consulta comodamente.

Possuimos equipamento de radiografia panorâmica e teleradiografia, montado em dependência preparada conforme legislação em vigor, estando o mesmo certificado pela Direcção Geral de Saúde e cumprindo os mais rigorosos padrões de segurança, quer para clientes, quer para funcionários.